Como-e-quando-promover-um-funcionário
Empresas

Como e quando promover um funcionário

Compreender o momento certo para a promoção pode evitar inúmeros inconvenientes

O reconhecimento das habilidades de um funcionário pode ser coroado com algo além de prêmios e bonificações. O que muitos colaboradores desejam é que seu bom desempenho seja reconhecido com uma possível promoção de cargo. Desta forma, eles poderiam ascender na hierarquia empresarial.

Mas como avaliar se é o momento certo para mudar uma pessoa de posição? E ainda, qual é a melhor ocasião para fazer isso? E como escolher a pessoa certa? Continue conosco e descubra.

Posso utilizar a meritocracia como critério de promoção?

Conforme indicamos aqui, a meritocracia organizacional pode ser utilizada como um critério para premiações e bônus. Em muitas empresas, ela também é usada como parâmetro para a promoção. Desta forma, é possível promover colaboradores com base em metas obtidas, considerando apenas o desempenho pessoal.

A prática pode ser considerada como positiva por muitos. Porém, levar em conta apenas metas e métricas pessoais pode fazer com que a pessoa promovida não possuam todas as habilidades desejadas no novo cargo. 

Características como relacionamentos interpessoais ou proatividade em situações-problema, que podem ser importantes em uma posição de liderança são desconsideradas em uma análise de mérito. Por isso, vale considerar uma análise extra, tornando o ganho meritocrático um dos fatores de análise.

Habilidade técnica x Habilidade pessoal

Para uma posição de liderança, é preciso levar em conta muito mais que a habilidade técnica de um colaborador. Ou seja, por melhor que seja o seu desempenho em uma atividade, é preciso considerar a capacidade de se relacionar com os demais.

Por isso, considerar apenas o resultado técnico antes de promover um membro de um setor pode gerar um impacto desastroso. Um líder com baixas habilidades de relacionamento interpessoal pode prejudicar o clima organizacional e tornar a interação entre a equipe conflituoso.

Em contrapartida, selecionar alguém com elevados níveis de habilidade pessoal, mas com pouco conhecimento técnico e prático pode gerar a sensação de desconforto e frustração entre os demais. Ademais, existe a possibilidade do novo líder não ter a habilidade necessária para orientar e corrigir os demais.

Por isso, é preciso encontrar um delicado equilíbrio entre habilidade técnicas e pessoais para selecionar o membro de um time que será promovido.

Existe momento certo?

Com certeza! Antes de realizar mudanças que podem afetar diretamente o rendimento do seu time, é importante considerar alguns fatores relevantes. Um deles é a proximidade com datas importantes ao calendário da empresa. Ou seja, se você possui uma loja e deseja promover um gerente, períodos que antecedem datas de grande movimento, como o natal, não são recomendados.

Esse cuidado é necessário para evitar que os ajustes prejudiquem o rendimento de todo o time em um período importante. Afinal, é preciso considerar que mesmo sendo parte de sua equipe, o promovido — e a equipe — passará por uma fase de adaptação.

Gostou das dicas? Clique aqui e conheça nosso blog. E não esqueça de assinar a newsletter, para que você não perca nenhuma das novas publicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *