Como aplicar os conceitos de meritocracia em pequenas e médias empresas
Empresas

Como aplicar os conceitos de meritocracia em pequenas e médias empresas

Recompensar um colaborador por seu esforço é algo fundamental para mantê-lo motivado

Meritocracia pode ser um termo controverso para muitos, mas no campo organizacional, ele significa, literalmente, reconhecer o mérito. A iniciativa de recompensar o esforço pessoal pode causar grande impacto no desempenho individual e coletivo, afinal, com isso se percebe a atenção ao indivíduo.

Mas você sabe como implementar os conceitos de meritocracia em seu negócio? Mais ainda, precisa de ideias para tornar o processo de recompensa muito mais interessante? Continue conosco e descubra.

Como funciona a meritocracia em empresas?

Meritocracia é um modelo de trabalho em que os colaboradores são recompensados conforme o seu esforço pessoal. Ou seja, utilizando métricas e padrões pré-determinados, o desempenho em uma — ou mais — área é avaliado e recebe benefícios variados.

Os bônus podem variar desde a possibilidade de ascensão hierárquica até mesmo prêmios diretos, como adicionais salariais ou brindes, como cestas temáticas, equipamentos e outros. 

O principal benefício da meritocracia empresarial é a avaliação impessoal do desempenho, considerando apenas os padrões pré-estabelecidos. Com isso, fatores pessoais, como afinidade, não são considerados no momento da oferta dos benefícios.

Podemos dizer que a meritrocracia é igual a plano de carreira?

Não. Apesar de semelhantes, os conceitos são distintos. Na realidade, os planos de carreira estão cada vez mais em baixa, já que cada vez menos colaboradores estão dispostos a trilhar um longo caminho até uma posição. 

De fato, a maior vantagem da meritocracia em comparação com os planos de carreira é a possibilidade de desenvolver metas a curto prazo. Assim, o colaborador permanece constantemente motivado.

Quais as vantagens de implementar um plano de méritos?

Existem inúmeros benefícios. O principal deles é estimular o desenvolvimento do colaborador, além do cumprimento de metas. Além disso, com a possibilidade de comparar o desempenho com os objetivos, é possível dar feedbacks precisos ao funcionário.

Outra vantagem é a possibilidade de que ofertas de promoções a membros que já fazem parte do time. Assim, seus colaboradores sentem-se mais reconhecidos, já que seu desempenho e habilidades ficam em evidência.

E como colocar em prática um sistema meritocrático?

O primeiro ponto a ser considerado é a seleção dos benefícios a serem oferecidos, afinal, eles serão os responsáveis por estimular a equipe em suas metas. Estes benefícios precisam levar em conta os desejos de seus colaboradores, mas respeitando os orçamentos e planejamento da empresa.

Itens como planos de cargos, onde há a ascensão hierárquica conforme os objetivos; além de bônus e brindes podem ser incluídos como benefícios. 

Outra possibilidade é a oferta de comissões e benefícios, que podem ser compatíveis ao desempenho em uma determinada tarefa. Esta modalidade é comum em times especializados em vendas, e podem funcionar como um excelente complemento a renda.

Vale destacar como recomendação final que as metas a serem alcançadas precisam, obrigatoriamente, serem realizáveis. Do contrário, você corre o risco de desestimular ou gerar o sentimento de frustração em sua equipe.
Gostou das dicas? Clique aqui e conheça nosso blog. E não esqueça de assinar a newsletter, para que você não perca nenhuma das novas publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *