(19) 98183-2440
0
Carrinho R$0,00
Carrinho está vazio

CasaBlogBenefíciosCusto da cesta básica em São P...

Custo da cesta básica em São Paulo é o mais alto do Brasil

Em julho, o custo da cesta básica em São Paulo continua sendo a mais cara do Brasil, apesar de ter diminuído 2,13% versus o mês anterior. 

Pela constituição brasileira, o salário mínimo deveria ser suficiente para bancar as despesas do trabalhador e sua família (no total, 4 pessoas), com moradia, alimentação, transporte, educação, saúde, higiene, lazer e previdência.

Dessa maneira, a estimativa é que em julho, o salário mínimo deveria ter sido 5,27 vezes o valor atual de R$ 1.212,00, isso é, para atender todas as necessidades previstas, o salário mensal deveria ter sido de R$ 6.388,55. 

A pesquisa

Esses valores são determinados com base em um estudo mensal, em que DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) calcula o ICV (Índice de Custo de Vida) brasileiro através da PNCBA (Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos).

A pesquisa é realizada em 17 capitais do Brasil, e avalia o custo da cesta básica, considerando os hábitos alimentares de cada região e a quantidade necessária para suprir o bem-estar e o sustento de uma pessoa trabalhadora adulta. 

Com a metodologia definida, a pesquisa fornece a quantidade de horas que o trabalhador precisa cumprir para comprar o conjunto de produtos sugerido e o preço médio de cada item.

Custo de alimentação em Julho em São Paulo

Com base nos dados divulgados sobre julho de 2022, a cesta básica em São Paulo, continua sendo a mais cara do Brasil, custando R$ 760,45.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, o valor aumentou em 18,73%, enquanto no acumulado do ano, o aumento foi de 10,13%.

Os itens que tiveram maior influência no índice, foram, principalmente, os produtos derivados do leite, como o leite integral (+23,18%), e a manteiga (+3,58%), a banana (+5,29%) e os provenientes de trigo, como a farinha de trigo (+4,91%) e o pão francês (+1,47%). 

No acumulado dos últimos 12 meses, os produtos que apresentaram maior impacto no custo da cesta básica foram a batata (+100%), o café em pó (+64,42%), a farinha de trigo (+32,35%), o óleo de soja (+30,21%), feijão carioquinha (+25,23%), açucar refinado (+20,29%) e o pão francês (+20,28%). 

Alternativas para diminuir o custo com alimentação

O cenário de inflação é desafiador e o custo da cesta básica crescente. Nesse caso, uma das maneiras para driblar o alto custo da alimentação é por meio da compra de modelos de cesta básica prontas. 

As vantagens são inúmeras, pois ao comprar uma cesta básica, você tem a comodidade de receber os produtos já separados e em mãos, e ainda, economizar, uma vez que, a cesta básica representa uma economia de até 26% no custo dos alimentos quando comparado com a compra feita diretamente na prateleira dos supermercados. 

No caso empresarial,  quando fornecido cesta básica para seu colaborador, ela garante um trabalhador bem nutrido e  segurança a toda família que tem sua alimentação básica garantida. Com a tranquilidade da barriga cheia, a pessoa colhe os benefícios também em outras esferas de sua vida, como a profissional, trazendo maior motivação, engajamento e produtividade. 

As cestas básicas da Silvestre Alimentos oferecem modelos prontos e personalizados para atender a sua necessidade. 

Veja mais informações em nosso site,  ou se preferir, poderá comprar diretamente em nossa loja ou pelo whatsapp (19) 98183-2440.

Receitas e artigos

Nossas Melhores Receitas e Artigos

Cesta De Compras