(19) 98183-2440
0
Carrinho R$0,00
Carrinho está vazio

CasaBlogEmpresasO que é necessário para abrir ...

O que é necessário para abrir um negócio atacadista?

Muitos brasileiros estão buscando alternativas para se tornarem seus próprios chefes. E para isso, um negócio no setor de alimentos costuma ser uma das opções mais procuradas por empreendedores de pequeno, médio porte ou de atacado.

Como diz o ditado, todo mundo precisa comer. Então, esse é um setor extremamente atrativo. Mas para não fracassar, é preciso ficar atento a algumas dicas importantes.

Para começar, você precisa conhecer bem a legislação. Além disso, você precisa verificar outros fatores para não acabar fracassando ao longo do processo.

Veja abaixo alguns pontos que você deve ter em mente antes de abrir um mercado atacadista e tudo que é preciso para começar com o pé direito.

A legislação

O primeiro passo para abertura de um mercado atacadista é escolher um bom local para o seu negócio. Então, verifique se ele possui bom acesso para receber e armazenar os produtos e com bom fluxo de clientes.

Então, verifique a legislação, já que por ser um local voltado ao comércio de alimentos, é preciso obter os alvarás necessários para funcionamento. Entre eles estão o Alvará de Funcionamento e outros documentos.

O segundo passo é enfrentar a burocracia necessária para a abertura da firma em si. Em São Paulo, por exemplo, é preciso obter um registro de comércio atacadista da Jucesp, além da Inscrição Estadual e Municipal e o CNPJ.

Toda essa parte burocrática tem um custo e pode levar meses para a liberação de todos os documentos necessários, então leve isso em consideração no planejamento de seu negócio.

Os impostos do seu negócio

Atualmente, existem três categorias de impostos voltados para os mercados atacadistas, e você terá que escolher qual aquele que se encaixa melhor no seu plano de negócios:

  • Lucro Real: Nesse caso, aplica-se o imposto sobre o valor real do lucro apurado. Ele tem taxas mais altas, mas por outro lado só é aplicado sobre os valores apurados.
  • Lucro Presumido: Essa modalidade engloba uma série de impostos em um só, com um percentual que varia entre 5,93% e 6,93% referentes a impostos federais e uma porcentagem de ICMS, que varia de um Estado para o outro. Também há um adicional de 0,80% de Imposto de Renda caso a renda trimestral seja superior a R$ 750.000,00.
  • Simples Nacional: Esse é uma modalidade mais simples. Aqui vários impostos são unificados. Negócios com faturamento de até R$ 3.600.000,00 no ano tem o direito de usar o Simples. A taxa varia de 4% a 12% sobre o faturamento bruto da empresa.

Abrindo seu mercado atacadista

Agora você já sabe qual a legislação e impostos com as quais terá que lidar, mas isso é apenas uma parte do processo, já que também é preciso considerar a logística, plano de negócios e fechar acordos com distribuidores, sempre procurando as melhores ofertas.

Para facilitar o processo, você pode contar com a ajuda de profissionais especializados, como um advogado para cuidar da parte burocrática e da documentação necessária e um contador, para guiá-lo através da burocracia dos impostos.

Outra opção também é investir no mercado varejista, e contar com um parceiro atacadista como a Silvestre Alimentos, que pode auxiliar você com o fornecimento e distribuição de alimentos.

Receitas e artigos

Nossas Melhores Receitas e Artigos

Cesta De Compras